No cinema | À prova de morte

death20proof20dvd1Em O albergue, o diretor Eli Roth já anunciava: a maneira mais funcional de peitar vilões sádicos e cruéis é justamente ser tão ou mais antiético quanto o tal antagonista. E falando no cara, ele aparece de personagem secundário garanhão no mais novo filme de Quentin Tarantino: À prova de morte. A presença só parece afirmar que Quentin assina embaixo das idéias do atual ícone malucão do cinema gore.

Assim como Planeta terror, a outra metade de Grindhouse não faz feio em nenhum momento e carrega com marca de ferro quente todas as características que fizeram do diretor de Pulp Fiction o que ele é hoje. Saem os zumbis do parceiro Rodriguez e entra o alucinado psicopata Stuntman Mike, interpretado de maneira fenomenal pelo normalmente ignorado Kurt Russell. Mike é um cara um tanto peculiar; um ex-dublê de corpo que resolveu blindar o carro que usava para fazer cenas de capotagem para sair pelas estradas norte-americanas a toda velocidade com o saudável intuito de atropelar galerias inteiras de atraentes garotas.

Leia aqui o restante da crítica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: