Crônica | De dia

Um bom dia sem atrás, sem sol de fundo.

Bom dia pra aparecer e sumir.

Bom dia de dia, calor, corrida, eu exposta ou encolhida.

Bom dia espalmado de oi e oi.

Bom dia sem brilho exagerado, mas um desses, de dia.

Sem beleza que retumba, sem lágrimas nem pão.

Bom dia de te vejo depois, algum dia.

Alice C.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: